19.01.2021

Continente agradece aos mais de 370 mil clientes que contribuíram na maior campanha solidária de sempre

Banner de agradecimento dos donativos na campanha Todos Por Todos
  • Mais de 500 mil pessoas pessoas apoiadas
  • Mais de 150 mil quilos de alimentos doados pela Missão Continente
  • Mais de 1,2 milhões de euros angariados 

O Continente agradece às mais de 370 mil famílias que contribuíram para a angariação de 1,2 milhões de euros em bens alimentares na campanha solidária ‘Todos por Todos’, que se juntam aos 150 mil quilos doados pela Missão Continente, e permitirão ajudar mais de 500 mil pessoas que estão a passar por dificuldades económicas devido à pandemia. 

O valor total do apoio (1,2 milhões de euros) corresponde ao milhão de vales vendidos e às doações feitas através de chamadas de valor acrescentado e transferências bancárias (460 mil euros), aos quais se somaram ainda 150 mil quilos de alimentos doados pela Missão Continente no início da campanha. 

A Missão Continente já está a entregar os alimentos e donativos aos parceiros sociais - Cruz Vermelha Portuguesa (CVP), Rede de Emergência Alimentar e União Audiovisual - que os estão a fazer chegar às famílias carenciadas, fruto do contexto social e económico que vivemos.

A iniciativa dos vales solidários, que decorreu em todas as lojas Continente do país, teve também como missão apoiar e promover a cultura portuguesa e a atividade artística, profundamente afetada pela pandemia, através da promoção de concertos por todo o país. A Missão Continente juntou 11 artistas e bandas nacionais – Jorge Palma, Salvador Sobral, GNR, Clã, Marta Ren, Fernando Daniel, Bárbara Tinoco, Jimmy P, Camané, Capicua e Calema – e agendou espetáculos em várias salas de todo o país. Os bilhetes foram atribuídos aos clientes que mais vales compraram. Os nomes dos vencedores podem ser já consultados em www.todosportodos.continente.pt e os concertos ainda não realizados vão ser reagendados para data a definir. 

Tiago Simões, Diretor de Marketing Sonae MC refere que “o ano 2020 jamais será esquecido e há ainda um longo caminho a percorrer até recuperarmos a vida normal. Se a pandemia afetou o dia a dia de todos de uma forma geral, impactou severamente centenas de milhares de famílias que se viram confrontadas com situações de desemprego e graves carências financeiras. Perante estas situações de tragédia os portugueses revelaram mais uma vez e de forma inequívoca a sua generosidade”.