26.03.2021

Chef Chakall serve 922 refeições no Hospital de São Sebastião

Chef Chakall dentro de food truck a preparar paella

Esta terça-feira, o chef Chakall e a sua equipa estacionaram no Hospital de São Sebastião, em Santa Maria da Feira, e serviram 922 refeições aos colaboradores daquela unidade hospitalar, entre os quais médicos, enfermeiros, auxiliares de ação médica, administrativos, forças de segurança e muitos mais. O chef está a percorrer várias unidades hospitalares do país para servir refeições aos profissionais da linha da frente, numa “homenagem gastronómica”. 

Foram preparados mais de 900 pratos de paella de frango, marisco e vegetariana, com arroz Caçarola e os restantes ingredientes oferecidos pela Missão Continente, através da loja Continente Modelo de Santa Maria da Feira. No final, foram ainda doadas 130 refeições à instituição local de apoio social Rosto Solidário. 

A mais recente ‘ronda’ do chef argentino na sua food truck começou dia 15 deste mês, no hospital Amadora-Sintra, passando também pelo Santa Maria (em Lisboa), Hospital de Penafiel, Hospital de São João no Porto, Hospital de Braga, e terminou ontem, dia 23, no Hospital de São Sebastião em Santa Maria da Feira. Para o próximo mês de abril, já estão a ser planeados novos serviços do chef, com a carrinha a rumar ao sul do país – Alentejo e Algarve -, em datas e locais a definir. 

“Terminámos uma semana intensa na qual visitámos 6 hospitais. Mia Couto escreveu um dia que «Cozinha não é um serviço… é um modo de amar os outros». A última semana traduz-se nisto: levar uma pequenas alegria aos profissionais do SNS. É o nosso muito obrigado por todo o esforço e dedicação ao longo de um tempo tao duro e desafiante. O nosso retorno é imenso. Com mais de 6 refeiçoes servidas, foram mais de 6.000 sorrisos que levamos connosco na bagagem”, contou o chef Chakall. 

Esta não é a primeira vez que o chef percorre o país a cozinhar para os profissionais de saúde. Lançada em abril de 2020, a iniciativa de Responsabilidade Social já chegou a mais de 23 unidades hospitalares de norte a sul do país e serviu mais de 17.300 refeições a profissionais do INEM, Bombeiros, Proteção Civil, GNR, PSP e fucionários de limpeza. As ações garantem sempre o cumprimento de todas as normas de segurança e higiene recomendadas pelas DGS que são imprescindíveis neste período.