Resíduos

A gestão de resíduos nas lojas Continente abrange não só os resíduos produzidos no âmbito da sua atividade, como também os resíduos depositados pelos clientes nas lojas.
Em 2015, a Sonae foi responsável pela gestão de 65.541 toneladas de resíduos, representando um acréscimo de 0,3% relativamente ao ano anterior. O contributo dos nossos clientes para a valorização dos resíduos refletiu-se em 5.276 toneladas, um aumento de 10,2% face ao ano anterior. 

Algumas medidas implementadas:
  • Criação de áreas específicas nas lojas e entrepostos para a gestão de resíduos;
  • Separação, armazenamento temporário e envio dos diferentes tipos de resíduos para operadores licenciados;
  • Separação da parcela orgânica dos resíduos e envio para valorização orgânica;
  • Redução do material de embalagem de produtos de marca própria;
  • Reutilização de embalagens de transporte;
  • Formação e sensibilização de colaboradores.

Recolher para reciclar

O Continente procura prestar serviços aos seus clientes e consumidores que contribuam para reforçar o consumo consciente no âmbito da cidadania ambiental, colocando em todas as lojas equipamentos que permitem aos clientes depositarem óleos alimentares usados, pilhas usadas, rolhas de cortiça, lâmpadas, equipamentos elétricos e eletrónicos e roupa.

 

Cerca de 29 mil ton de cartão foram enviadas para reciclagem, o que equivale à preservação de mais
de 500 mil àrvores.

Mais de 3 mil toneladas de plástico foram enviadas para reciclagem, o que convertidas em poliéster, dariam para produzir cerca de 6 milhões de calças.

Cerca de 6 mil toneladas de resíduos urbanos foram encaminhados para valorização orgânica.​

O seu contributo

O desenvolvimento socioeconómico e o aumento da qualidade de vida do ser humano provocam um
crescimento do consumo que conduz a uma maior utilização dos recursos e à produção de elevadas quantidades
de resíduos. A gestão dos resíduos deve ser efetuada de acordo com a política dos 3R’s – Reduzir, Reutilizar e Reciclar. A sua gestão adequada, quer a nível da prevenção quer da valorização, contribui para a preservação
dos recursos naturais. O papel dos consumidores é muito importante, tanto na redução da produção de resíduos como na sua triagem, a fim de os encaminhar para um destino adequado.

 

CONSELHOS:

1. Reduza o desperdício alimentar:
Ajuste as doses preparadas às necessidades do seu agregado familiar.
Quando guardar as suas compras tenha em atenção os prazos de validade.
Verifique se existem sobras da sua refeição que possam ser aproveitadas na preparação de uma próxima refeição.
2. Não deve deitar os óleos alimentares usados (OAU) para o esgoto. Estes devem ser recolhidos numa garrafa e colocadosno oleão, para a sua valorização.
3. Prefira produtos com recarga: a utilização de recargas poupa matéria-prima e diminui os resíduos produzidos.
4. Escolha pilhas recarregáveis, em vez das normais. Quando já não forem úteis deve colocá-las no local próprio – o Pilhão - para serem recicladas.
5. Utilize preferencialmente o suporte informático como forma de enviar e analisar documentos. Evite imprimir ou fotocopiar e, quando o fizer, utilize os dois lados da folha.
6. Quando for às compras, opte por sacos reutilizáveis.
7. Em sua casa, separe de forma adequada os seus resíduos. Papel e cartão no ecoponto azul, vidro no ecoponto verde e embalagens de plástico e metal no ecoponto amarelo.
8. Não deite os tinteiros no lixo. Existem estabelecimentos que os recolhem e encaminham para reciclagem.
9. Separe as rolhas e outros materiais em sua casa e coloque-as nos contentores que alguns supermercados disponibilizam para o efeito.
10. Os eletrodomésticos que já não usa devem ser depositados em locais próprios ou entregues na troca do novo.

Projeto W2E

O Continente aposta em tecnologia inovadora para a valorização local de resíduos orgânicos.
A procura constante de soluções sustentáveis e inovadoras levou a Sonae a desenvolver um projeto piloto no Continente do GaiaShopping para a valorização local da parcela orgânica dos resíduos gerados nesta loja.
Os referidos resíduos são decompostos num processo de digestão anaeróbia, produzindo um biogás à base de metano, o qual é utilizado para a produção de energia elétrica e calorífica. Este processo gera ainda um líquido que pode ser usado como biofertilizante. Ler mais

Este tipo de tecnologia é já utilizada em contextos diferentes, ou para o tratamento central de quantidades muito elevadas de resíduos. Em parceria com a SEaB e a Biowaste, foi desenvolvida uma solução adaptada às necessidades dos nossos hipermercados de maiores dimensões. O Continente do GaiaShopping está a acolher um projeto piloto, inovador, não apenas a nível nacional como internacional, uma vez que este será o primeiro projeto desta natureza a ser implementado num hipermercado.

OBJETIVOS AMBIENTAIS:

- Valorização local dos resíduos orgânicos;
- Redução de resíduos enviados para aterro;
- Redução da emissão de gases com efeito de estufa.

OBJETIVOS ECONÓMICOS

- Diminuição de custos com a gestão de resíduos orgânicos;
- Redução de custos com a fatura energética da loja.

OBJETIVOS INOVAÇÃO

- Ser a 1ª empresa de retalho alimentar do mundo a implementar esta solução num hipermercado.