Emissões de CO2

O transporte de mercadorias é indutor de emissões de CO2, com efeitos negativos no aquecimento global. No que se refere aos veículos afetos ao transporte de mercadorias, a empresa tem vindo a exigir às empresas de transporte a utilização de viaturas mais avançadas e tecnologicamente mais eficientes. Como consequência, a idade da frota contratada, o consumo de combustível por km percorrido e as emissões associadas têm vindo a baixar.

Os quilómetros percorridos pela frota de abstecimento das
lojas , em 2012, equivalem a viajar de norte a sul de Portugal
40 mil vezes.
Em 2012 reduzimos em 9% as emissões de CO2 associadas à
frota de abastecimento das lojas.

​​

Algumas medidas implementadas:
• Otimização contínua das rotas de abastecimento das lojas;
• Otimização constante dos volumes de carga transportados;
• Recurso a sofisticadas ferramentas informáticas para uma mais eficiente gestão logística/transportes;
• Exigência crescente, junto das empresas de transporte, pela utilização de viaturas mais eficientes e tecnologicamente mais evoluídas. 

 

Os transportes são responsáveis por cerca de um terço das emissões totais de gases com efeito de estufa.
O aumento do volume de transportes tem vindo a gerar uma pressão cada vez maior sobre o ambiente.
Consome recursos naturais, polui o ar, intensifica o efeito de estufa, e dificulta ainda a mobilidade. Os avanços
tecnológicos que têm permitido reduzir a poluição atmosférica causada pelos veículos não têm conseguido
sobrepor-se ao crescimento do tráfego. Deste modo, as emissões poluentes têm continuado a aumentar.

 

O SEU CONTRIBUTO:

1. Evite o uso do automóvel para trajetos curtos. Opte pelo transporte coletivo, ou pela bicicleta ou até mesmo por se deslocar a pé.
2. Em horários e locais de maior congestionamento, opte pelos transportes públicos.
3. Experimente viajar de comboio! Uma pessoa sozinha a viajar de carro produz três vezes mais emissões de CO2 por quilómetro.
4. Veja se na sua área de habitação ou no escritório está organizado o sistema de partilha de viaturas. Menos custos, menos combustível, menos CO2.
5. A eco-condução reduz o consumo de combustível e as emissões de gases com efeito de estufa. Conduza a uma velocidade regular, evite travagens e acelerações bruscas, e verifique periodicamente a pressão e o desgaste dos pneus.
6. Evite cargas desnecessárias no interior do seu veículo. Quanto maior o peso maior será o consumo.
7. Esteja atento à manutenção do seu veículo. Filtros de ar e combustível obstruído, válvulas injetoras sujas e velas de ignição desgastadas aumentam o consumo.
8. Opte por óleos de melhor qualidade. Estes podem reduzir o consumo de combustível e as emissões de CO2 em mais de 2,5%.
9. Quando trocar de carro, não se esqueça de considerar o tipo de combustível, a potência, os consumos, as emissões, a aerodinâmica e todas as indicações sobre a eficiência e manutenção.